DESCOMPLIQUE A IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE ENERGIA SOLAR

Home / Blog / DESCOMPLIQUE A IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE ENERGIA SOLAR

Entenda como funciona a instalação de um sistema de energia solar

O benefício de economizar na conta de energia elétrica cada vez mais atrai interessados na instalação de um sistema de energia solar. Seja na sua casa ou na empresa, o retorno do investimento entre três e cinco anos e a vida útil de 25 anos são estimulantes demais para serem ignorados!

E se a dificuldade de instalar o sistema é o que impede de aproveitar tantas vantagens, saiba que este processo é muito menos complexo do que parece. Continue a ler este post para descobrir como ele é realizado.

Instalação especializada

Você pode achar facilmente sistemas de energia solar sendo vendidos em sites brasileiros - ou mesmo comprá-los no exterior. Mas calma, mesmo que você entenda de elétrica de maneira amadora, não será possível fazer essa instalação sozinho.

Pela legislação brasileira (Resolução Normativa Nº 482, depois atualizada pela Resolução Normativa Nº 687), é necessário a contratação de mão de obra especializada. Isso significa contar com profissionais capacitados que serão supervisionados por um engenheiro elétrico responsável.

Com energia elétrica não se brinca! Então é preciso ficar atento à equipe que cuidará da instalação.

Esse time, em conjunto com o engenheiro, será responsável por dimensionar e realizar o projeto da instalação da placa solar.

Autorização da distribuidora de energia elétrica

Outro motivo da necessidade de um engenheiro elétrico é que você vai precisar de uma autorização da distribuidora de energia que atende a sua região. E somente esse profissional é que é capacitado a dar entrada nessa requisição.

Esse processo é realizado antes do início da instalação do sistema de energia solar e vai autorizar a sua conexão à rede.

E quanto tempo demora?

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) alterou algumas exigências para diminuir a burocracia envolvida na utilização da energia solar. Até alguns anos, o processo levava pelo menos 90 dias. Com essas mudanças, o tempo foi reduzido para cerca de 30 dias para ser concluído.

É o tempo de planejar e executar a instalação.

Como é feita a instalação

Antes de começar a instalação é necessário pensar na localização dos painéis fotovoltaicos. A energia solar pode ser captada mesmo em dias nublados, mas as placas precisam estar em um local com elevada incidência solar, geralmente no teto da residência ou empresa.

E o processo não envolve apenas os painéis. Mas também a instalação, próximo à caixa de entrada, de um inversor. Este equipamento será responsável por fazer a conversão da energia em 110V ou 220V. Outro detalhe importante é que será necessário alterar o relógio de luz.

Dessa maneira, será preciso trocar por um modelo bi-direcional. O objetivo é medir a quantidade de energia excedente que vai para a rede pública ou a energia elétrica utilizada, quando o seu sistema ‘não der conta’ do consumo.

Após a instalação e a conexão à rede, o sistema de energia solar já está produzindo energia elétrica e você começa a economizar na conta de luz imediatamente.

Viu como produzir sua própria energia é mais simples do que você pensa? Então continue lendo os posts do blog para conhecer mais sobre os sistemas de energia solar.